Como ter um couro cabeludo saudável e um cabelo das estrelas | Dicas valiosas !

O couro cabeludo é tão importante quanto os fios e cuidar dele corretamente , deixá-lo saudável, colabora para um cabelo mais bonito e que cresce mais rápido.

Não importa qual é o seu tipo de cabelo, certamente você já desejou um cabelo de estrela com balanço de comercial de xampu. E,  consequentemente,  vive comprando  cremes, acessórios e frequentando salões de beleza. Mas,  é provável que você tenha se esquecido de um “pequeno” detalhe: o couro cabeludo. É dele que cada fio de cabelo nasce e, consequentemente, herda tanto as qualidades quanto os defeitos. Se essa região estiver com excesso de oleosidade, pele ou constantemente suja, não há corte que resolva, as madeixas terão sempre os mesmos problemas.

As  raízes dos cabelos são a base para fios fortes. O descaso com o couro cabeludo pode causar caspa, descamação, oleosidade em excesso e até prejudicar a nutrição do cabelo.

A boa notícia é que basta um pouquinho de atenção para garantir raízes saudáveis. Confira os cuidados com o couro cabeludo a seguir.

1.Lave com um xampu anti-resíduo ou faça uma esfoliação

Eu ainda prefiro o xampu, porque se você esfregar seu cabelo com muita força, pode machucar seu couro cabeludo provocando ferimentos e até seborréia pelo atrito da unha no couro cabeludo.

É importante salientar, que você não pode esfregar o couro cabeluco com a unha  mas, sim, com os dedos !!!
Não resta dúvida que o couro cabeludo também precisa de uma esfoliação de  vez em quando.Esses tratamentos ajudam na renovação celular da área e no crescimento dos fios, além de ser um bálsamo para quem tem o costume de usar muitos produtos nos cabelos, como shampoos a seco. Nem sempre o shampoo comum consegue tirar todos esses componentes do cabelo, que se acumulam na pele. Porém, assim como o rosto, a esfoliação deve ser periódica, para não comprometer a região e a produção de óleos naturais dos fios.

Nunca use um xampú só, sempre alterne com outro, porque o cabelo tende a acostumar e não mais dá aquele efeito maraaa….

2. Cabelos muito oleosos podem ser lavados dia sim, dia não

A oleosidade é realmente importante para manter o couro cabeludo saudável, ok. Acontece que o acúmulo de óleo depois de muitos dias sem lavar pode provocar escamações e o surgimento da caspa. Segundo dermatologistas, o ideal para quem tem cabelos muito oleosos é fazer a higienização dia sim, dia não, enquanto os normais podem ter um intervalo de um dia e os secos podem ser limpos três vezes por semana.

3. Use shampoo sem sal, se quiser ou outro de sua preferência, e não deixe resquícios de condicionador 

Para esta lavagem, o ideal é optar por um shampoo e condicionador sem sal, já que esse tipo de composição limpa suavemente sem danificar as madeixas e o couro. Em seguida, enxágue com bastante água, sempre fria ou morna, e não deixe resíduos de ambos produtos nos fios.

4. Evite lavar o cabelo com água quente

Quando for lavar as madeixas, garanta que a água está em uma temperatura adequada, ou seja, morna ou fria. A água muito quente pode ressecar os fios, aumentar a oleosidade produzida pelo couro cabeludo e causar escamação. 

5. Penteie o cabelo

Em primeiro lugar, não escove seu cabelo molhado com escova de cerdas macias, use um pente ou escova semelhante e vá desembaraçando com cuidado sedurando o cabelo no meio.

Passar a escova de cabelo pelo couro cabelo, principalmente à noite e seco, é importante, porque estimula a circulação sanguínea (o que, por consequência, ajuda no crescimento dos seus fios) e mantém a área ativa. Passe a escova por todo o comprimento do fio pelo menos duas vezes ao dia – e calma! Você não precisa pentear o cabelo com força para que o hábito tenha o efeito esperado.

6.  Hidratação e corte das pontas a cada 3 meses

Hidrate seu cabelo a cada quinze dias e corte a cada três meses pq o fio cresce apenas 2 cm ao mês.Caso seu cabelo seja óleoso , procure xampus específicos. 

Lave o cabelo, sempre, antes de hidratar, usando  os dedos para fazer uma massagem no seu couro cabeludo. Além de ajudar a limpar melhor a região – afinal, o shampoo foi feito para tirar as impurezas dos cabelos e da pele da cabeça – você estimula a circulação local e colabora para um cabelo mais cheio de vida.

7.Use finalizadores, ou reparadores,  só no comprimento e pontas

O surgimento de escamações e caspa também pode acontecer pelo uso incorreto da máscara capilar e finalizadores. Por terem alto poder de hidratação, os itens podem deixar sua raiz ainda mais oleosa que o normal. O efeito é muito parecido com os poros da pele: se houver muita oleosidade e resquícios de produtos, eles podem entupir, causando queda de cabelo e caspa.

8.No couro cabeludo, aplique somente o shampoo

No couro cabeludo, você só precisará usar o shampoo, ok? O condicionador, máscara, creme para pentear, leave-in ou óleo de argan são indicados para recuperar o ressecamento e proteger o comprimento e as pontas do cabelo. 

10.Tome vitaminas

O cabelo, assim como a pele, é afetado diretamente por tudo o que comemos. Com a rotina sempre muito corrida, pode ser que estejam faltando as vitaminas necessárias para a manutenção e produção dos óleos naturais do seu couro cabeludo. Para isso, é sempre importante você consultar um dermatologista ou um nutricionista para saber exatamente de quais vitaminas você está precisando.

11. Cuidado com produtos químicos como tintas, alisantes, etc….

Quando você tinge o cabelo e sente o seu couro cabeludo arder  – é um sinal de que ele está muito ressecado. Evitar passar a tintura diretamente na região é uma forma de evitar que ele fique ainda mais sensível, mas é importante lembrar de fazer umectações naturais para deixar a região mais hidratada. O óleo de coco pode ser um aliado importante nessa tarefa.

12. Use chapéu em dias de sol muito forte

Em dias de sol muito forte é fundamental proteger o couro cabeludo. Aproveite o verão para apostar em chapéus, lenços turbantes e bonés estilosos, adaptando o acessório para cada ambiente ou ocasião.

13. Fique atenta ao fazer alisamentos com química

Escova progressiva, definitiva, permanente e qualquer outro procedimento químico utilizam produtos ácidos e, por isso, podem queimar o couro cabeludo e gerar descamação. Para evitar esse problema, você não deve se arriscar em nenhum alisamento sem antes fazer uma prova de toque na nuca, garantindo que a área não terá nenhum tipo de reação alérgica.

14. Sua alimentação também influencia na saúde dos cabelos 

Sabia que a sua alimentação também influencia na saúde do seu couro cabeludo e, consequentemente, no crescimento dos fios? Uma dieta rica aminoácidos e proteínas (carnes, ovos e leite), por exemplo, estimula o crescimento e o fortalecimento das madeixas, enquanto o zinco (nozes, frutos do mar, gérmen de trigo e levedo de cerveja) também ajuda o cabelo a crescer e ainda reduz a oleosidade. Além disso, o ômega-3 e o ômega-6 (presentes nos óleos funcionais) ajudam na hidratação. Mude seus hábitos! 

 

Você pode gostar de

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.