UMECTAÇÃO CAPILAR: COM ÓLEO DE RÍCINO E BEPANTOL | Para fazer em casa !

Amores ,  vocês já sabem dos diversos milagres que o Bepantol é capaz de fazer, não é segredo para ninguém: Bepantol é ” o poder ” das hidratações; o produto tem base de água e dexpantenol em grande quantidade (Provitamina B5), que é excelente para os cabelos. Hidrata muito! Comprei o meu na Farmácia Pague Menos.

Já o óleo de rícino é conhecido como  óleo de mamona, atua no controle da queda de cabelo, fortalecendo o couro cabeludo e combatendo a seborréia. Aliás, uma das mais conhecidas aplicações do óleo de rícino é para os cabelos. Por isso, ele é muito utilizado em cosméticos capilares.

CONTRAINDICAÇÕES E CUIDADOS ( ÓLEO DE RÍCINO):

Embora não existam estudos que comprovem, o uso tópico do óleo de rícino não é considerado totalmente seguro para gestantes, lactantes e crianças de até 12 anos. Ele também não pode ser aplicado nas orelhas, na boca e nos olhos.

Já a sua ingestão, que não é o tema do nosso post, mas é comum para quem deseja um efeito laxativo, é contraindicado para pessoas com colite ulcerativa, doenças inflamatórias intestinais, doença de Crohn, doenças intestinais, cólon irritável, gestantes, lactantes, crianças ou qualquer pessoa que tenha sintomas de obstrução intestinal.

                                           UMECTAÇÃO

O Bepantol, aliado ao poder do óleo de rícino forma um tratamento super potente de cabelo.Esses dois ingredientes são super sucesso na net. Diversas blogueiras especializadas em beleza já indicaram tanto o óleo de rícino quanto o bepantol pra diversas aplicações e o efeito é maaaaara! …Vamos a receitinha!!

VOCÊ VAI PRECISAR DE:

  • 10 ml de Bepantol solução
  • 5 ml de óleo de rícino ( ou óleo de mamona)
  • 1 borrifador (opcional)

Inicie, borrifando o  o bepantol nos cabelos secos. Caso não tenha o produto em spray, pode-se usar um borrifador daqueles simples que são vendidos no mercado; mas,  se você não tiver borrifador em casa (vende em casa de cabeleireiro), meça na  tampinha, vá  derramando aos poucos na mão e passando nos fios.

 

 

Lembrando que tem muitas marcas genéricas de bepantol que são mais em conta e você pode ficar mais a vontade para usar e abusar.

O ideal é deixar o bepantol agir por  5 minutinhos,  para que o cabelo absorva melhor o produto e , só depois, então, aplicar o óleo em todo o comprimento do cabelo…

 O tempo mínimo de ação da misturinha é de meia a uma hora, dependendo do quanto o seu cabelo estiver pedindo socorro e você  aguente o cheiro…rsr . Use uma touca para os produtos agirem melhor.

Finalizando, lave com um shampoo próprio pra cabelos danificados e , caso queira, com  uma máscara de nutrição,  por uns 10 minutinhos.

Seque normalmente,  ou no secador, e  arrase !!!!!

PREÇO E ONDE COMPRAR

Pra quem gosta desse óleo e deseja um muito bom, indico o da Laszlo e,  é extra-virgem, de uso cosmético.

Mas, se você ainda não conhece e quer fazer um teste, vale experimentar os que são vendidos em farmácias, geralmente em potinhos de 30 ml, que são bem baratinhos (R$5,00, em média). Ah, vale lembrar que esses últimos são vendidos como laxantes!

CURIOSIDADES SOBRE O ÓLEO DE RÍCINO:

Alguns o conhecem pelo seu uso medicinal, especialmente pelo efeito laxante; outras, pela presença em formulações cosméticas, principalmente em produtos para cabelos. Mas, nem todo mundo sabe quais benefícios esse óleo pode oferecer e quais são os cuidados com sua utilização.

Regiane Ribeiro, esteticista da Clínica Goa Health Club, explica que o óleo de rícino é considerado um excelente estimulador do sistema imunológico, em parte pela concentração de ácidos graxos. “Segundo pesquisas, ele pode ser usado no tratamento de doenças como mal de Parkinson, artrite e reumatismos, paralisia cerebral e esclerose múltipla”, diz. “Mas, também pode ser usado para trazer benefícios contra constipação intestinal, infecções por fungos, distúrbios menstruais, enxaqueca, inflamações”, acrescenta.

Sara Bragança, médica pós-graduada em Dermatologia, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, especializada em Terapia Ortomolecular, destaca que a pele pode ser beneficiada com o óleo de rícino. “Isso porque ele tem efeito emoliente, penetra na pele oferecendo hidratação e estimulando a produção de colágeno e elastina, atuando, assim, na prevenção de rugas e linhas de expressão”, diz.

Regiane acrescenta que o óleo de rícino atua ainda no controle da queda de cabelo. Aliás, uma das mais conhecidas aplicações do óleo de rícino é para os cabelos. Por isso, ele é muito utilizado em cosméticos capilares.

4 benefícios do óleo de rícino para o cabelo

Regiane explica que o óleo e rícino contém vitamina E, minerais e vitaminas que auxiliam no crescimento dos fios, ativam a circulação sanguínea no couro cabeludo, hidratam os fios e selam a cutícula da fibra capilar, dando brilho.

Sara destaca como benefícios mais conhecidos do óleo de rícino para os cabelos:

  1. Ajuda no fortalecimento do couro cabeludo e no crescimento dos cabelos;
  2. Combate infecções e o crescimento de bactérias e fungos que poderiam impedir o crescimento capilar por apresentar propriedades antibacterianas e antifúngicas, devido à elevada composição de ácido ricinoleico;
  3. Proporciona hidratação, deixando os cabelos sedosos e brilhantes, por isso é utilizado muitas vezes para cabelos ressecados e pontas duplas;
  4. Ajuda no tratamento de doenças como dermatite seborreica.

“Vale ressaltar, porém, que não existem artigos científicos que comprovem esses benefícios”, acrescenta Sara.

 

E vocês, meus amores? Gostaram?

Já usaram o óleo de rícino?

Fala pra mim….

Beijocas, Mil!

 

 

Você pode gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *